Estamos acostumadas à idéia de que os homens são insensíveis, egoístas e não se importam com nossos sentimentos. Na verdade, muitas coisas que imaginamos não são tão verdadeiras assim. São rótulos que foram colocados ao longo dos anos pela sociedade. No início de tudo, eles eram os únicos responsáveis pela manutenção do lar, da família e da paz na sociedade. Nosso papel se resumia a cuidar de casa. Hoje em dia, as mulheres têm um papel muito mais atuante na sociedade, com uma independência financeira, sexual e uma atitude muito menos submissa. Todas essas alterações aconteceram mais rápidas do que os homens tiveram capacidade de compreender.

Até hoje, muitos homens têm dificuldade em aceitar o fato de a sua parceira ganhar mais ou ter um desempenho profissional melhor que o seu. Outros, a pesar de terem buscado isso, não se sentem confortável com a independência que as mulheres demonstram ter com relação a eles. A pressão sobre suas atitudes é maior e mais questionável.

Vamos tentar esclarecer alguns pensamentos sobre os homens:

Sexo:

Sim eles pensam muito em sexo, desejam as mulheres e sentem muito mais tesão com o visual do que nós, que somos mais eróticas e românticas. Por outro lado, eles pensam em sexo como um peso, porque são responsáveis pela satisfação total das mulheres e o medo de broxar os acompanha frequentemente. Isso porque, hoje a maioria das mulheres já teve experiências sexuais, sabem comparar e querem ter satisfação.

Com relação a preliminares, eles realmente acham menos necessário que as mulheres, porque seu prazer está na penetração. A boa notícia é que eles sentem necessidade de satisfazer a mulher e para isso muitos sabem da importância das preliminares, beijos e toques. Se o seu parceiro anda esquecendo essa etapa, lembre-o de maneira carinhosa.

Amor:

Homens sofrem por amor. Choram e sentem tristeza quando levam um fora de uma mulher que amam. A grande diferença está na forma do sofrimento. Nós mulheres choramos em público, nos descabelamos por telefone com todas as amigas, não conseguimos trabalhar e parece que a vida acabou. Eles, mais uma vez, foram educados com o passar dos anos para serem fortes e que chorar e sofrer são sinônimos de fraqueza. Eles não ligam para os amigos chorando, falam com pesar do que aconteceu; não deixam isso interferir no trabalho, mas por dentro estão arrasados e trocam muitos bares com amigos por noites de reclusão em casa.

E o romantismo masculino? Onde está? “É muito difícil encontrar homens românticos.” Essa é uma queixa comum entre as mulheres. O grande problema, desculpem a repetição, começa desde o início da vida. Nós brincamos de bonecas e eles de luta, carrinho entre outras coisas. Nós de pequenas sonhamos com o casamento e com flores. Eles nos carros que esperam possuir. Nós temos o romantismo como algo natural, umas mais outras menos. Os rapazes têm que desenvolver esse dom. Isso depende muito das atitudes que ele viu e acompanhou em casa, ou seja, como seu pai trata a sua mãe, e também dos relacionamentos que teve. Cabe às mulheres ensinar para seus parceiros o que gostariam de receber e como acha que um relacionamento dever ser. Quando aprendem, eles adoram ter atitudes que vão nos deixar feliz. Mas não torne a falta de romantismo uma cobrança constante e com o tempo ele vai fazer coisas surpreendentes para você, e o melhor, porque ele quis.

Relacionamento:

Casamento! Essa palavra assusta a maioria dos homens por um simples motivo: eles têm medo de perder sua liberdade para sempre. E fique claro que liberdade aqui não é sair atrás de outras mulheres, mas sim a liberdade de jogar bola com os amigos quando bem entenderem, marcar aquele choppinho com a galera no sábado à tarde sem hora para acabar etc. Mas a maioria quer construir uma família, só querem um pouco mais tarde do que nós. Por isso, se acha que está chegando o momento de falar sobre isso, não se intimide e alinhe suas expectativas com as dele.

Por fim o temido assunto: traição! “Homens traem mais que as mulheres; todo homem trai; você acha que namoro há sete anos e ele nunca me traiu?” Homem tem essa fama e desculpem rapazes, vocês foram responsáveis por construir esse cenário. Mas com todas essas mudanças culturais pelas quais estamos passando, já a quem diga que as mulheres traem tanto quanto os homens. Elas estão mais expostas a encontros casuais, o dia a dia fora de casa gera mais possibilidades e muitas já não se sentem mal com isso. Porém algo é preciso ser dito: não são todos os homens que traem, não por falta de vontade, mas por respeito à parceira, o medo de serem descobertos e acabar o relacionamento, a dificuldade de conviver com a consciência pesada.

Mulheres:

Os homens adoram estar cercados de belas mulheres, principalmente para mostrar para os amigos e para a sociedade. Mas muitos homens além da beleza buscam mulheres inteligentes, simpáticas, que adorem seus amigos e que sejam agradáveis. A base de um relacionamento duradouro é a admiração e nada melhor do que um parceiro que te admire, com todos os seus defeitos.

Há quem pense que os homens preferem as loiras. Talvez no Brasil isso seja um pouco verdadeiro, porque é diferente da maioria da sociedade. Mas também temos essa percepção porque a mídia expõe cada vez mais loiras como símbolo de beleza. Porém essa preferência não é comprovada por estudos. Muitas morenas são muito atraentes e possuem um sex appeal. Que homem não gostaria de ter uma mulher com lindas marquinhas de biquíni, que ficam melhores ainda em uma morena?

E com relação a ganhar menos que as mulheres? Os homens sofrem sim com esse fato. Eles não se sentem totalmente confortáveis com uma parceira que ganha mais e também pelo fato histórico de sempre terem sido os provedores naturais do lar. Mas com o tempo eles aprenderão que isso será cada vez mais normal. E cabe a nós mostrar isso a eles

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS