Hoje no dia a dia corrido de todas nós, filhos, casa, trabalho, escola etc, etc, etc, pergunto a vocês mulheres o que seria melhor para nós: Perdoar uma traição ou acabar com o relacionamento?Eu e minhas amigas, todas saídas de relacionamentos fracassados, ora porque eram traídas, ora por outros motivos, saímos em campo para tentar ver o que está acontecendo nessa estrada chamada sentimento.

Comecei por mim, nos altos dos meus 34 anos, bem financeiramente, realizada em “quase” todos os sentidos (acho que nem precisa dizer qual aqui). Saí de um casamento de 3 anos com 3 traições confirmadíssimas, dessas que se eu contar, vocês acharão que é coisa de cinema.

Perdoei meu marido por 2 motivos: Um que achei sinceramente que ele poderia ver que o que eu tinha para dar, era muito maior que qualquer segundo de prazer na cama de uma desconhecida, e outra porque a coisa aí fora está tão ruim que é os problemas somente mudariam de endereço. É obvio que chegou uma hora que surtei e disse: CHEGA !!! Entrei em depressão, meus cabelos cairam, não comia, só queria dormir e dormir… Hoje vejo tudo isso com naturalidade e até morro de rir de tudo isso….

Mas a lição tirada dessa longa estrada de dor e humilhação, só é uma: SOBREVIVÊNCIA … Não me arrependo de nada que fiz, e sei que quem ler este artigo pensará: – Nossa, eu nem deixaria passar da primeira !!

Mas vamos lá, suponhamos que eu realmente não tivesse perdoado e terminado na primeira vez. Ia voltar a sair com caras que nem sequer sabem meu nome, escutaria novamente as mesmas cantadas, teria novamente as noites sozinhas de que eu tinha tanto medo e hoje as tenho sem temor algum.

Mas tive a certeza de que EU sou a parte mais importante no próximo relacionamento que eu tiver. Se sobrevivi a 3, sobrevivo a qualquer coisa.
E é isso que tento passar para minhas amigas, não vale a pena, chorar, se descabelar, correr atrás, até faça, mas para depois se olhar no espelho e dizer: Eu fulana de tal, não preciso passar por isso !!! e só !!!

Traídas todas nós somos, só que outras sabem e outras não (ou até sabem e fingem que não… rsrsrs).

Moral da estória galera: O que deram em outro relacionamento e que a outra pessoa não soube receber, não é menor ou pior do que outro sentimento. A pessoa que foi escolhida para receber esse amor é que não foi a correta, e quer saber, azar o dela!!! Pois eu tenho certeza que nós seríamos muito mais felizes se vivéssemos em uma sociedade onde um relacionamento deveria ser vivido por vez, onde todas as energias boas iriam para o lugar certo e a pessoa certa..

Mas isso são só palavras, na prática, a coisa não funciona assim, infelizmente…..

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS