Oi,
Meu desabafo é em relação a meu ex. Nos separamos tem 2 meses….olha fiz de tudo para o meu casamento dar certo. Mas errei quando aprendi a amá-lo, porque quando nos conhecemos ele se apaixou por mim de uma forma que pensei que fosse durar pra sempre…

Eu não gostava dele, mas ví nele um homem que em que eu pudesse confiar e me entregar de corpo e alma…com dois meses de casada decidimos que queríamos um filho, engravidei da minha filha que hoje tem 1 ano e cinco meses….nós estávamos completamente felizes….meu casamento estava a mil maravilhas parecia ser um conto de fadas…vivemos 3 anos de muita felicidade….mas o conta de fada começou a virar história de terror.

O homem com quem me casei se tornou o pior ser humano que já conheci em toda minha vida, se tornou grosso, mal educado, e totalmente bruto um insensivél.

Nós fizemos a festa de um ano da minha filha em outubro de 2009; ele fez uma declaração de amor na frente de todos na festa. Pensei, meu marido voltou a ser quem era, me senti orgulhosa e feliz, pensei que as coisas haviam voltado ao seu estado normal.

Mas foi ai que me enganei! No dia 22 de dezembro perto do Natal, uma data festiva,eu descubro que ele estava marcando um almoço com uma colega de trabalho. Ai eu fui pedir explicaçõeis e ele me respondeu.. eu vou embora, e não seja burra de eu pedir pra voltar e vc aceitar….doeuuuu muiito,fiquei desesperada,sem rumo ,sem saber o que fazer,ele me largou e me deixou com 60 reais no bolso….

Foi dificil chorei muito, sofri calada, arregassei as mangas e fui em busca de um emprego, e proucurei alguém pra cuidar da minha filha, e fui em busca de resolver minha vida,

Graças a deus consegui um emprego, me virei com os 60 reais, sem nem se quer ligar pra ele e pedir nada, depois de 20 dias separados , enfim nos encontramos, conversamos,e nos entendemos mas como amigos, apesar de toda minha mágoa dele, levantei a cabeça e fingi que a separação foi algo tranquilo, mesmo que me doendo.

Hoje já se passaram 3 meses que estamos separados, nos damos bem, acho que ainda gosto dele, mas nada que me faça sofrer, Continuo no meu emprego, até já saimos pra namorar mas, honestamente não quero mas fazer isso..

Estou feliz sem ele. É essa forma que tirei pra resolver tudo isso foi da necessidade de provar pra todos que posso ser feliz sem ele,e que com o tempo eu iria conquistar um espaço, e também poderia ser feliz de novo.

Sou feliz vivendo eu e minha filha.

Doeu passar por tudo isso. Mas às vezes eu acho que tudo que passei foi necessário pra um crescimento emocional.

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS